9 megatendências da inovação que vão transformar a indústria

28/06/2017

9 megatendências da inovação que vão transformar a indústria

industria 4.0

Pilar para o desenvolvimento de qualquer economia, a inovação é imprescindível para o crescimento da indústria e para a competitividade das empresas brasileiras no mercado internacional. Embora o Brasil tenha mostrado avanços recentes, é preciso acelerar o passo para acompanhar as principais tendências que transformarão a produção e o consumo com a chegada da Indústria 4.0, ou manufatura avançada.

 

O impacto dessas transformações na indústria nacional e na competição global está em debate na 7ª edição do Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), nos dias 27 e 28 de junho, em São Paulo.

 

Com a ajuda do professor da Universidade de São Paulo (USP) Roberto Vermulm, referência em desenvolvimento científico e tecnológico no país, e com base nas tendências exploradas pelo livro Organizações Exponenciais, da Singularity University, listamos nove tecnologias que materializam a nova revolução industrial. “Há uma tendência de termos produtos cada vez mais inteligentes, mas considero que essa realidade não está tão próxima no Brasil”, alerta. “O caminho é o país investir cada vez mais em inovação para não ficar para trás, e se tornar cada vez mais competitivo”, completa o professor, que também é consultor do Projeto 2027, iniciativa da CNI com execução técnica da UFRJ e Unicamp que avaliará a capacidade de resposta do Brasil às tendências tecnológicas que estão transformando a indústria mundial.

 

1. Internet das coisas e sensores

A comunicação autônoma entre máquinas e produtos acontece por meio de sistemas que permitem conectar tudo (ou quase tudo!) à Internet. Por meio dela, a integração entre as coisas será cada vez mais intensa e com menor interferência humana. Tudo terá sensores embutidos, como itens vestíveis, encomendas e até alimentos.

 

2. Inteligência Artificial, ciência e análise de dados (analytics)

O que parecia uma quimera das obras de ficção científica está se tornando realidade. Hoje, já estão em desenvolvimento e uso sistemas e robôs com capacidade de tomar decisões conforme necessário. A inteligência das máquinas, com o uso de algoritmos para processar grandes lotes de informações, permite o reconhecimento de padrões e a interferência em processos. Informação captada por sensores e processadas por computadores dão suporte para a tomada de decisão. Por exemplo, pelo ruído de uma máquina, é possível reconhecer a necessidade de manutenção ou correção de problemas.

 

3. Nanotecnologia

A capacidade de manipular um material em escala atômica e molecular nos leva a possibilidades infinitas de uso. Da indústria farmacêutica à têxtil, a nanotecnologia permite criar produtos de maior qualidade e eficiência.

 

4. Biotecnologia

A biotecnologia ganhou relevância nos últimos anos. Por meio dela, é possível criar respostas sustentáveis para os desafios de saúde e de produção de alimentos. Um dos ramos mais conhecidos é a engenharia genética de humanos, plantas e animais.

 

5. Robótica Avançada

Talvez o exemplo mais conhecido da robótica avançada seja o carro autônomo, que utiliza sensores e sistemas de controle computacional sofisticados para garantir o transporte autônomo e seguro de pessoas. Isso é possível por meio de máquinas e equipamentos que operam com sistemas de comunicação integrados e com conexão remota. Essa tecnologia já funciona em países como Alemanha, Estados Unidos e Inglaterra.

 

6. Impressão 3D

Produção precisa, com desperdício mínimo. A impressora 3D é uma contraproposta robusta aos métodos tradicionais de produção. O processo combina modelagem digital a processo de produção em camadas, semelhante a uma impressora. De pequenos objetos à turbina de um avião, a impressão 3D já realidade bastante explorada em países como Alemanha, Estados Unidos e Coreia do Sul. No Brasil, ainda tem uso discreto.

 

7. Realidade virtual e aumentada

Por meio do aumento da realidade, a tecnologia permite conhecer destinos, simular ambientes de trabalho e o funcionamento de meios de transporte. Tudo isso com recursos sonoros, gráficos e visuais cada vez mais próximos do mundo real. Disponível em computadores pessoais e equipamentos como Óculos Rift e Google Glass.

 

8. Bitcoin e Blockchain

As transações financeiras se tornarão totalmente seguras e terão baixíssimo custo com o uso dos chamados livros-razão, que registram todas as transações. O mecanismo de validação do Blockchain, além de seguro, é usado em várias aplicações além da função original, vinculada à moeda eletrônica.

 

9. Conhecimento perfeito

Desdobramento da Internet das coisas, aliada a sistemas inovadores de satélites em órbita terrestre e sensores ilimitados, o chamado conhecimento perfeito permitirá que as pessoas saibam tudo o que quiserem, em qualquer lugar e a qualquer momento.

Fonte: Agência CNI de Notícias

CATEGORíA: 

Add new comment